Assistimos Jurassic World

Bane
Em 22 anos muita coisa mudou, Jurassic Park” estreou em 1993, definiu o que era preciso para fazer um filme de dinossauros, a partir dele surgiu  novas tecnologias de computação gráfica.
Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros carrega o filme de 93 com as tecnologias  atuais. É impossível não lembrar o barulho do T-rex, ainda na apresentação do filme .
 O filme com uma continuação melhor do que as outras, e sem deixar de ser um filme único.

Na  história ver um dinossauro vivo não é mais novidade, o parque decide criar  alguma atração nova,
um híbrido em laboratório, oIndominus rex, misturando varias espécies que vão sendo reveladas pouco a  pouco. O dinossauro é visto em partes, deixando uma curiosidade infinita até o momento em que começa a por terror pelo park.

Chris Pratt  Owen, um especialista em comportamento animal. Cria uma amizade com os dinossauros, com a essa intimidade temos a melhor cena de Pratt, em uma moto cercado por raptors, vista nos trailers .

Owen é  a voz da consciência avisando Claire (Bryce Dallas Howard) e é óbvio que o híbrido não vai dar certo. E é quando tudo dá errado e mortes, muitas mortes começa a surgir . 

O dinossauro é novo  ninguém sabe  quanto ele é inteligente ou perigoso. Enquanto o parque está lotado de visitantes, junto os dois sobrinhos de Claire, que relembra os dois irmãos imediatamente.

Claire é Heitor do parque, que tem um relacionamento inacabado com Owen que vai ser desenvolvido, por isso ela não ouve a Qwen quando ele diz que " Nunca daria certo " juntamente com a personagem mais cresce ao longo do filme.

Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros deixa espaço para outras continuações




Compartilhe

Artigos Relacionados