Startup monta equipes brasileiras League of Legends

Bane
A Behive divulgou a lista de jogadores que farão parte dos dois primeiros times de League of Legends da startup, especializada na formação de equipes para competir no cenário profissional de e-Sports.
Após oito meses de análises, entrevistas e testes, Adailton Mota, Anna Carolina Aurili, Bruno Di Franco, Daniel Lontra, Derick Lima, Fábio Coda, Gabriel Leite, Livia Rodrigues, Raphaela Laet e Ruan Ramos foram escolhidos para integrar o projeto, capitaneado por Guilherme "Necro"da Silva, ex-técnico da Pain Gaming. A ideia é formar os players a partir da base: “Não queríamos jogadores prontos", diz em comunicado oficial Miriam Tsugawa, coidealizadora e master coach da Behive, "mas sim jogadores que permitissem uma interação e uma dinâmica com respeito e competitividade”.
Os cyber-atletas, segundo comemora a empresa, farão parte de uma infraestrutura que deixa de lado as já tradicionais gaming houses a favor do bom e velho escritório, cujos horários planejados podem dar aos jovens a chance de completarem seus estudos. E como funcionários, já há metas - ambos os times disputarão o Campeonato Brasileiro da modalidade ano que vem - e até exigências - a Behive espera ter ao menos uma vitória debaixo do braço até 2016.

Compartilhe

Artigos Relacionados